A FORMAÇÃO CULTURAL COMO CONSTRUTO DE LIGAÇÃO ENTRE VISÃO EMPREENDEDORA E AÇÃO ESTRATÉGICA: UMA ANÁLISE DO CASO USIMINAS

Daniel Jardim Pardini, Carlos Alberto Gonçalves, Paulo Sérgio Martins Alves

Resumo


Com este artigo objetiva-se mostrar a relação entre sedimentação da visão empreendedora e ações estratégicas corporativas. O estudo parte do pressuposto de que a absorção da visão empreendedora perpassa a formação da base cultural que orientará a conduta em estratégias futuras. A principal contribuição deste trabalho está centrada na discussão da relação entre os construtos empreendedorismo, cultura organizacional e estratégias corporativas. Tomando como referência a trajetória do maior grupo empresarial do Estado de Minas Gerais, a pesquisa mostra como a cultura empreendedora influenciou as decisões estratégicas que resultaram no maior complexo siderúrgico de aços planos da América Latina. Fazendo uso do método de história oral, o trabalho confirma que essa ferramenta de investigação permite a elucidação de importantes descobertas nos estudos sobre estratégia. No caso em questão, ela possibilitou compreender como a visão de negócio criada no contexto do ambiente organizacional pode vir a servir de base para a construção de uma cultura empreendedora geradora de estratégias de sucesso.


Palavras-chave


formação cultural; visão empreendedora; ação estratégica

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Direitos autorais 2009 Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Administração: Ensino e Pesquisa (RAEP). ISSN (Eletrônico): 2358-0917 | ISSN (Impresso): 2177-6083 (publicação impressa encerrada em 2017). A RAEP é uma publicação da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD).

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia