A PRÁTICA DA REPLICAÇÃO EM PESQUISAS DO TIPO SURVEY EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

Maria Laura Ferranty MacLennan, Ilan Avrichir

Resumo


A replicação de pesquisas do tipo survey nas ciências sociais aplicadas é amplamente encorajada pela teoria, por sua ligação com os avanços da ciência. O presente ensaio visa discutir o seu significado, a validade da repetição de pesquisas e sua incidência no Brasil. Além disso, algumas tipologias descritas na literatura são analisadas. Abordam-se a meta-análise e o seu relacionamento com replicações, as dificuldades e reflete-se sobre o porquê de se promover e publicar esse tipo de estudo acadêmico. Como fonte de evidências, o presente estudo analisa a incidência de pesquisas com a utilização da prática em amostra de publicações científicas nacionais na área de administração e observa a sua baixa ocorrência. Adicionalmente, incluem-se sugestões, de modo a incentivar a utilização da replicação, especialmente dirigida aos editores, pesquisadores e estudantes de Administração.


Palavras-chave


replicação; survey; pesquisa em administração; meta-análise

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2013.v14n1.72

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Direitos autorais 2013 Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Administração: Ensino e Pesquisa (RAEP). ISSN (Eletrônico): 2358-0917 | ISSN (Impresso): 2177-6083 (publicação impressa encerrada em 2017). A RAEP é uma publicação da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD).

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia