Desafios na formação de profissionais em Administração no Brasil

Patrícia Silva Monteiro Boaventura, Lucas Lopes Ferreira de Souza, Felipe Gerhard, Eliane Pereira Zamith Brito

Resumo


Apesar do crescimento no número de cursos de administração ao longo dos últimos anos, pesquisas mostram que o Brasil possui um dos piores indicadores de desempenho organizacional do mundo; e a formação profissional dos gestores nacionais pode ser apontada como uma das causas desse baixo rendimento, em especial, se considerar a relevância da gestão para o desempenho das empresas. Neste cenário, esta pesquisa teve como objetivo analisar o currículo de formação em administração de universidades do Brasil, bem como as competências trabalhadas pelos cursos e compará-las com a formação de escolas dos EUA. Para tal, foi realizado um estudo de caráter tanto qualitativo como quantitativo, assim, levantando-se dados de cursos de administração do Brasil e dos EUA. Para assegurar a autenticidade dos resultados, foi realizada triangulação de dados de diferentes fontes. Os resultados revelaram que, conquanto o modelo pedagógico americano tenha servido de base para a formatação dos cursos nacionais na década de 1940, as escolas brasileiras parecem não ter acompanhando o seu ritmo de mudança, promovendo uma reprodução técnica e instrumental desassociada da formação de pensadores críticos e criativos. Ademais, adaptações à realidade socioeconômica do contexto local parecem não ter sido avaliadas profundamente desde a criação do currículo mínimo em 1993.


Palavras-chave


Cursos de Administração; Formação profissional; Competências

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2018.v19n1.775

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Direitos autorais 2018 Patrícia Silva Monteiro Boaventura, Lucas Lopes Ferreira de Souza, Felipe Gerhard, Eliane Pereira Zamith Brito

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Administração: Ensino e Pesquisa. ISSN (Impresso): 2177-6083 | ISSN (Eletrônico): 2358-0917

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia