Integrando a extensão universitária ao ensino e à pesquisa em Administração: sistematização de experiência junto a indígenas à luz dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Dinara Leslye Macedo Calazans, Washington José de Souza, Nila Patrícia Freire Pequeno, Fábio Resende Araújo, Valdi de Lima Júnior

Resumo


Este estudo aborda os desafios da integração da pesquisa e ensino, a partir da extensão universitária, como uma estratégia importante para materializar a qualidade da formação acadêmica em Administração em direção aos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS). A ação de extensão, objeto de estudo, é desenvolvida pelo Departamento de Ciências Administrativas e Departamento de Administração Pública e Gestão Social da UFRN em colaboração com outros departamentos e campi da mesma instituição. O desenvolvimento da ação se deu na Associação da comunidade indígena dos Mendonça do Amarelão, no município de João Câmara/RN. Objetivou-se, a partir da ação de extensão desenvolvida, compreender como as situações-problemas são formuladas para parceira universidade-sociedade em busca do desenvolvimento sustentável via projetos de pesquisa, e como essas ações retroalimentam o sistema de ensino. A investigação ocorreu por meio da pesquisa-ação (THIOLLENT, 2003) e abordagem qualitativa na análise dos dados. A sistematização dos problemas e necessidades comuns (comunidade-universidade) levou a um tema central sob o qual foi construída a ação: a gestão de circuitos curtos de produção, com ênfase a alcançar a soberania e segurança alimentar e nutricional, promover a agricultura sustentável e assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis. Percebeu-se que a comunidade é orientada para a valorização, reconhecimento e preservação dos recursos locais, importante à efetivação dos ODS. Neste sentido, além da própria condição dos povos indígenas, como aquelas relacionadas ao território, há entraves locais relacionados à gestão da capacidade produtiva e organização da produção, burocráticos, comerciais e de gênero, que impactam na sua segurança e soberania alimentar e exigiram debate interdisciplinar, com vários campos do saber, e docentes envolvidos com as necessidades atuais da sociedade para alinhá-las ao ambiente de ensino e com questões de investigação na proposição de encaminhamentos necessárias ao desenvolvimento técnico-cientifico e cultural e à formação cidadã do graduando da UFRN, destacando a atividade de extensão como elo integrador entre a pesquisa e o ensino, e possibilitando a construção de uma proposta interdisciplinar unificada que reconhece a educação como uma prática emancipatória e contínua do ser humano.


Palavras-chave


extensão universitária; desenvolvimento sustentável; ensino e pesquisa em Administração; agricultura familiar; povos indígenas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2019.v20n3.1505

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Direitos autorais 2019 Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Administração: Ensino e Pesquisa (RAEP). ISSN (Eletrônico): 2358-0917 | ISSN (Impresso): 2177-6083 (publicação impressa encerrada em 2017). A RAEP é uma publicação da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD).

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia