DA QUALIFICAÇÃO À COMPETÊNCIA PROFISSIONAL: UMA DISCUSSÃO DAS MUDANÇAS SOBRE AS RELAÇÕES DE TRABALHO NO CONTEXTO BRASILEIRO

Mariana Mayumi Pereira de Souza, Alexandre de Pádua Carrieri, Daniel Calbino Pinheiro

Resumo


O presente artigo busca elucidar reflexões sobre as mudanças ocorridas nas relações de trabalho, principalmente nas últimas décadas, a partir da discussão do processo de substituição parcial do conceito de qualificação profissional para o conceito de competências. Constatou-se que essa alteração conceitual coincidiu com uma série de mudanças estruturais e, em nível intraorganizacional, mudanças nas políticas de gestão de pessoas. Para evidenciar tal constatação, foi feita uma contextualização do cenário brasileiro em relação à evolução do mercado de trabalho e às condições de qualificação profissional. Em seguida, realizou-se uma revisão teórica da origem desses dois conceitos e foram levantadas algumas perspectivas presentes na literatura para as relações de trabalho e a identidade dos indivíduos no trabalho. Ao final, constatou-se que a dicotomia entre qualificação profissional e competências remete a dois modelos de gestão distintos, que, na realidade brasileira, coexistem.

Palavras-chave


Relações de trabalho, competências, qualificação.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Direitos autorais 2009 Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Administração: Ensino e Pesquisa (RAEP). ISSN (Eletrônico): 2358-0917 | ISSN (Impresso): 2177-6083 (publicação impressa encerrada em 2017). A RAEP é uma publicação da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD).

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia