OS SIGNIFICADOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PARA JOVENS ALUNOS TRABALHADORES

Marcelo de Rezende Pinto, Paula Karina Salume

Resumo


Este trabalho tem por objetivo investigar a forma como os alunos de Administração atribuem significados ao curso por meio das diversas atividades cotidianas atinentes à sua interação com a instituição de ensino, bem como nas relações sociais construídas e articuladas por meio dessa interação. Com um enfoque interpretativista, o trabalho de campo foi conduzido por meio da conjugação da grounded theory com a abordagem etnográfica com um grupo de jovens alunos trabalhadores de um curso de Administração de uma universidade privada brasileira. Os resultados apontam que os jovens alunos do curso de Administração ao vivenciarem todas suas experiências com a instituição, com os colegas de sala e de trabalho, com integrantes da família e com outros atores dão sentido a essas experiências em um grande círculo de interação social e convívio. Assim, o consumo de experiências de serviços educacionais pode ser encarado como um importante mecanismo de reprodução social, bem como um fenômeno que pode levar à construção de identidades na atual sociedade.


Palavras-chave


curso de Administração; consumo simbólico; significados do curso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2013.v14n3.59

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Direitos autorais 2013 Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Administração: Ensino e Pesquisa (RAEP). ISSN (Eletrônico): 2358-0917 | ISSN (Impresso): 2177-6083 (publicação impressa encerrada em 2017). A RAEP é uma publicação da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD).

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia